“Será verdade?”

29 dez

“achei muito interessante a história do reiki, será verdadeira?
Ass. Kátia”

 

(Cliquem no link para baixar a apresentação de powerpoint que levantou a dúvida da nossa amiga).

 

Olá queridos amigos,

A pergunta da kátia sobre a história do reiki, se seria verdadeira, é a pergunta de muitos , então respondo a todos.

Katia, em primeiro lugar quero agradecer por estar interagindo  via internet, que é o nosso meio mais imediato de comunicação além da telepatia que firmamos ao se tratar uma única vez com o reiki comigo, daí o reiki a distância ter a eficacia que tem.

Bem, a história do reiki é essa, como a conhecemos . O reiki é uma revelação entre tantas dos tesouros de sabedoria oriental, como a acupuntura, as diversas massagens, as ervas e as artes marciais incluindo o yoga. É uma linda história. Micao Usui revelou pouco desses símbolos, outros mais tarde revelados por outros mestres abrindo outras vertentes de reiki, igualmente fortes e poderosas como o karuna.
È verdade que a anergia do reiki é muito pura e só transita por canais purificados (digo puros de emoções malígnas como o medo, o ódio, a tristeza, mágoas,inveja, raiva), e funciona por contaminação como todas as emoções do homem. Somos altamente contagiosos, nosso estado de espírito contamina as pessoas a nossa volta e contamina o meio terrestre tb. E não falo só pela visão oriental, Yung tinha pleno conhecimento disso ao tratar de inconsciente coletivo.
Eu só tenho uma resistência a crer nessa busca por Micau Usui, contada na história dele que tem uma parte que não aparece na formatação. Dis-se que quando ele desceu do monte  onde foi meditar por 21 dias, em jejum e cansado, os sinais simplesmente foram revelados a ele e ele, fortalecido pelos sinais desceu do monte correndo. O dono de uma hospedaria que alimentava os peregrinos que desciam da meditação famintos e precisavam de alguns dias para restaurar sua forma alimentar ficou espantado com a quantidade de comida que ele comeu, e que ele foi servido por uma menina que estava com o rosto inchado por causa de um dente e ali foi curada, começando então sua jornada com o reiki.
A minha resistencia é em acreditar nessas formas fantasiosas de contar a história do revelador do reiki. O Professor Micau Usui era japones e os japoneses são uma cultura muito fechada em clãs, cada clã tem seus segredos que só agora, nos últimos séculos se revelam ao mundo, antes, durante milenios de vida dessa sociedade para se descobrir o segredo de um clã era preciso casar-se com um membro dele.  Acho que esses primeiros sinais, que não são tibetanos ou chineses, mas essencialmente japones, pela forma que os ideogramas são escritos, são um desses segredos de familia, daí a necessidade de iniciação para apreendermos os símbolos em nossa glândula pineal.  Claro que esta é uma teoria minha, sem base em nenhum escrito, apenas porque não me convenci com a história contada, que para mim foi contada assim para tentar fazer com que as pessoas mantivessem o sagrado dos símbolos. Os outros métodos que vieram depois são, na verdade, símbolos estudados em sua forma e eficiencia, mas mesmo assim tornam-se mais fortes ao serem usados por pessoas já iniciadas pelo método Usui e ainda mais fortes em pessoas iniciadas pelo próprio método, sem contar é claro com a purificação do canal a transportar a energia.Dai a importancia impar dos cinco princípios , a parte mais difícil do reiki.

Kátia, gostei muito de responder tua pergunta e espero ter despertado ainda mais a tua curiosidade.

UM GRANDE BEIJO E UM MARAVILHOSO FINAL DE ANO A TODOS!!!!!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: