Reiki como Terapia

13 jul
Reiki é considerado uma terapia (embora eu, particularmente não o considere assim) baseada na canalização da energia universal (rei)fluindo por toda orma de vida (ki)  por meio da imposição de mãos  em toques suaves ou até mesmo inexistente sobre o receptador da energia, por um doador habilitado através de uma iniciação feita por um mestre também habilitado (param param), com o objetivo de restabelecer o equilíbrio energético vital de quem a recebe e, assim, restaurar o estado de equilíbrio natural (seja ele emocional, físico, mental, anímico  ou espiritual); podendo inclusive eliminar doenças e promover saúde.

Atua com muita eficácia em situações de stress, cansaço, mal estar físico agudo ou crônico, pois seu campo mais efetivo é o estado emocional, verdadeiro arquiteto  de todas as doenças.

Numa aplicação de Reiki, considero dois pacientes: o ativo ( o ser canalizado com os símbolos e que ativa-os para recolher a energia) e o passivo, o que se entrega para a aplicação.


Diz-se do Reiki ser energia de puro amor divino. Diz-se da terra ser o laboratório de amor. Diz-se dos humanos serem os cientistas, cobaias e experimentos desse mesmo amor, em diferentes graus, intensidades e formas de se expressar. Pois o Reiki é uma forma onde não podemos errar, porque Ele não se presta a erros. Ao serem ativados, os símbolos simplesmente cumprem o acordado com a organização celestial, sem julgamento, sem preconceito, sem dimensionar quem tem mérito, não obedece a proposta intencional do “curador” se esta proposta intencional não estiver absolutamente alinhada e ajustada ao plano celeste( se lá no livro do astral, já não houvesse um rascunho premeditando esta interferência).

Assim, o Reiki é completamente desvinculado de qualquer religião ou dogma, não obstante seus iniciados ou mestres serem livres para professarem qualquer fé, salvo pessoas com iniciações de sangue ou “trabalhos” dessa ordem em seus corpos sutis, aqui, respeitosamente o Reiki não invade, por tratar-se de acordos firmados onde vibram outras energias, as telúricas. Neste caso, existem símbolos específicos para desfazerem-se esses acordos, antes de aplicações de Reiki normais.

Há que se entender que não considero uma terapia, por não se bastar como tratamento em muitos casos, mas um forma preventiva muito eficaz, e uma forma cooperativa de tratamentos convencionais podendo, em muitos casos ser fundamental para a cura. Temos que entender também, que , a nossa alimentação, a atividade física, a mudança de alguns hábitos também podem provocar melhoras em nossa saúde e nem por isso são tidas como terapias. O reiki torna-se terapeutico na medida em que a pessoa que o recebe usa essa energia para provocar mudanças em sua estrutura anímica, emocional e mental, consequentemente chegando ao físico. E neste caso o reikiano irá determinar o tempo de tratamento e a duração das aplicações. Entretanto, por tratar-se de uma forma sutil de cura, não pode dar garantias do resultado a ser obtido.

Naturalmente, todo reikiano dará seu toque pessoal  a sua maneira de transmitir a energia, mas todo processo segue técnicas já estabelecidas como eficientes, há, inclusive, quem diga que o Reiki é uma variação do chi kun, outra técnica, chinesa,  que também transfere energia e a mobiliza para um fim determinado. Há quem diga que reiki é passe espírita ou técnica carismática católica ou evangélica…Enfim, cada uma!!!!
O que posso afirmar é que já experimentei esses outros procedimentos e posso garantir que a energia transferida não é a mesma, não tem a a mesma intensidade nem produz o mesmo efeito. Todas são ótimas em suas aplicações e devem ser usadas dentro do momento de cada um para elas, mas não devem ser usadas pelo reikiano no mesmo momento, até para que o “paciente” possa perceber a diferença, ou até mesmo o próprio reikiano, que as vezes por sua insegurança tende a usar de várias técnicas ao mesmo tempo.

Lembremos que todos os métodos de ajuda para a evolução do ser é amparado pelas ostes celestiais, e este é o principal objetivo quando aplicamos reiki em alguém ou em nós mesmos, a evolução espiritual, tornar nossas energias sutis mais refinadas para uma melhor comunicações com a angelicalidade que trabalha em nossos corpos  nos aprimorando e nos abastecendo das virtudes necessárias para refletir a nossa parte divina.

Com amor,

Nara!
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: